ROMÁRIO, O ELISEU DO RAP: NOVO TALENTO DA MÚSICA BRASILANDENSE

São seres humanos como Eliseu do Rap que fazem o Foro resistir e dão uma mensagem de esperança à sociedade. O cantor conversou com o repórter Gustavo Rubim, via videochamada, e contou um pouco do lançamento de "Hoje tô de luto".

 

Na parte baixa do bairro Porto, colado ao José Anastácio Barbosa, campo de futebol e cenário para o primeiro clipe, vive Romário da Silva Barbosa, 26 anos, o Eliseu do Rap, "bom, vi esse nome na bíblia e me inspirei nesse homem (¹Eliseu), queria fazer algo parecido, levar uma mensagem", diz o rapper brasilandense.


[¹Eliseu foi o sucessor de Elias no Reino do Norte de Israel. Era filho de Safat e vivia em Abel-Meolá, no Vale do Jordão. Pertencia a uma família abastada que possuía 12 juntas de bois. Serviu a Elias durante algum tempo e, antes deste ter ascendido em direção aos céus por um redemoinho, depois de serem separados por uma carruagem de fogo, Eliseu pediu-lhe "porção dobrada do espírito de Elias", isto é, uma porção dupla, que era devido a sua primogenitura como seguidor de Elias. Ele ocupa esta posição por causa da sua designação oficial como sucessor de Elias, na época em que Elias lançou sobre ele seu manto oficial. (2 Reis 1:17; 2:1, 9, 11, 12)].

Assim, Romário, o Eliseu do Rap, pensa em levar sua mensagem para a molecada, "por meio da música, eu penso que posso fazer a diferença, têm uma galera aí que curte ouvir um rap. E essa pode ser uma maneira de tirar os moleques do caminho errado", conta o músico.

O lançamento, "Hoje tô de luto", fala de tristeza e saudade. Conta a história de Lica, ex-treinador do 21 de Abril, assassinado covardemente. E Flavinha, prima do rapper, também assassinada. A música relata um pouco da tragédia social de Brasilândia de Minas, que na opinião de Eliseu do Rap, piorou com o tempo,"na época de Lica, os meninos ainda tinha uma distração, o futebol. Era um jeito de manter a galera entretida. Agora, nem isso, a molecada não tem com o que ocupar a cabeça", expõe Eliseu, preocupado.



Escrevi essa letra há uns seis anos...

ainda não tinha Lica na letra, só a Flavinha (minha prima). Aí, em uma noite, eu sonhei com ela, 'tá escrevendo uma música para mim?'. Acordei com isso na cabeça. E quando fui passar a letra pro papel me veio a lembrança de Lica, a história dele com molecada, o futebol.

Fiz. Depois queria gravar. Falei com Mc Drazza (um amigo) e fui lá gravar. Num dia não deu certo. Depois tentamos de novo. Ele fez um beat (batida da música) para mim. Gravamos. E, em um dia de folga do trabalho, fui com minha namorada, Sinara, para o Campo. Ela filmou as cenas pelo celular. Depois pus um efeito de chuva e coloquei no YouTube, Instagram e mandei para alguns contatos no WhatsApp, sabe?!

No início eu meio que desanimei, mandava o link para a galera e nem visualizavam. Às vezes, até me respondiam, perguntando sobre o que era, mas não abriam o link. Agora tô mais de boa. O retorno foi melhor do que eu esperava. A galera curtiu, alguns mandaram mensagem.

Isso motiva a gente, sabe?!

Eliseu do Rap e o repórter Gustavo Rubim, em videochamada.

Eliseu do Rap, publicou o clipe há um mês. E já escreveu outra letra que pretende gravar. "Nesse último clipe, eu queria gravar uma cena no cemitério, coisa rápida. Me mandaram de uma canto pro´utro, 'você tem que falar com tal pessoa. Depois mandaram eu escrever uma carta falando o que ia gravar, o que ia fazer lá, 'que o cemitério era a cidade dos mortos'. Eu já tinha dito que ia respeitar, tudo direitinho. No fim desisti da ideia. Fiz com que tinha disponivél", conta o rapper.


Ainda que falte apoio, Eliseu e outros tantos, "têm uma galera que faz um som aí também", fazem a coisa acontecer com os recursos que dispõem. "Só tem um cara aqui em Brasilândia que tem estúdio para gente gravar e às vezes tá ocupado, os horários não batem. Quero montar o meu aqui em casa", planeja o cantor.

Os fãs podem ouvir a música no canal Eliseu do Rap, no YouTube, também pelo Instagram @romariosilva563. Lá, Eliseu também faz vídeos sobre a palavra de Deus. Os links para as redes sociais do músico estão linkados na reportagem.

 

Fontes: hoje tô de Luto - YouTube Romário Silva (@romariosilva563) • Fotos e vídeos do Instagram (1) Romário Silva | Facebook

Drazza (@drazzamc) • Fotos e vídeos do Instagram


1.065 visualizações