PANDEMIA: SITUAÇÃO DE PATOS-MG PODE IMPACTAR BRASILÂNDIA DE MINAS

Atualizado: 22 de fev. de 2021

Hospital Regional sobrecarregado pode deixar brasilandenses e população dos municípios da região Noroeste e Alto Paranaíba sem ter para onde ir em casos de complicações da Covid-19.


Na última semana, Brasilândia de Minas recebeu mais 152 doses das vacinas CoronaVac e Astrazeneca. A primeira remessa foram 38 doses, apenas da CoronaVac. Os profissionais da saúde, por enquanto, foram os únicos vacinados, por pertencerem ao grupo prioritário. A próxima remessa está sem previsão de chegada e será destinada a vacinação do restante dos profissionais da saúde e de idosos a partir de 90 (noventa) anos.


Brasilândia já registrou três mortes, 590 casos confirmados, 2.830 casos notificados e 579 recuperados do coronavírus. Como a situação do hospital Regional Antônio Dias, em Patos de Minas, se agravou com a ocupação de 100% (dado variável) dos leitos na última semana, o prefeito do município Luís Eduardo Falcão, cobrou ação dos prefeitos das regiões Alto Paranaíba e Noroeste, as quais o hospital Regional atende.


A Secretária de Saúde de Brasilândia de Minas elaborou um PLANO MUNICIPAL DE IMUNIZAÇÃO DA COVID-19, que objetiva reforçar parcerias necessárias para a logística de transporte, armazenamento e distribuição dos imunizantes no município; apresentar a população-alvo (grupos prioritários) para vacinação; otimizar o planejamento e programação para operacionalização da vacinação na rede municipal; e instrumentalizar os serviços da Atenção Primária para vacinação contra a covid-19.


Com a intenção de:


Vacinar a população que integra os grupos prioritários de forma ética e segura afim de reduzir os agravos e a mortalidade pelo novo coronavírus no município;

Brasilândia não vacinou 2% de sua população, o que é a mesma realidade de outros municípios pelo país. Por isso os cuidados devem continuar: uso de máscara, álcool em gel e, para quem puder, isolamento social.


 

Fontes:


Transparência Covid-19 (brasilandiademinas.mg.gov.br)


fc3b5577f034e9cbc5a3bd34499b59d8.pdf (brasilandiademinas.mg.gov.br)


531b20c05ba0ed6fab44f80f6f5e7e6a.pdf (brasilandiademinas.mg.gov.br)


Com pandemia descontrolada, Patos de Minas chega a 139 pacientes internados; 44 em UTIs (patoshoje.com.br)

140 visualizações